The Complete Guide to Much Better Marketing Emails

Last updated on: February 16, 2024
um guia para escrever e-mails de marketing muito melhores

O marketing por e-mail é o canal dominante para comunicações de marketing quando medido por ROI, alcance e volume, e a diferença continua a aumentar. Não fique para trás.

Before sending marketing emails was commonplace, marketers used advertisements, fliers, coupons, and other distributed promotions in order to build their audience and reach potential customers. Basically every lead generation strategy from events to discounts was just considered “marketing.”

Quando a popularidade da Internet aumentou durante a era pontocom, os profissionais de marketing adaptaram essas práticas para fins eletrônicos, e o marketing por e-mail tornou-se "a próxima grande novidade". Isso também levou a uma maior distinção entre vários caminhos de marketing, como publicidade comercial, marketing de mídia social e otimização de mecanismos de pesquisa.

Como todos nós, a Internet ficou mais inteligente e melhor com o passar dos anos 😉, facilitando para os profissionais de marketing o envio em massa de e-mails em HTML esteticamente agradáveis. Por meio de um software inovador, os contatos e seus comportamentos podem ser rastreados e segmentados, aumentando consideravelmente a eficácia de uma estratégia de marketing por e-mail bem executada.

If you’re wondering how to write marketing emails and create your own email marketing campaigns, you’re in the right place. This guide covers everything you need to know to maximize the success of your email marketing.

O que é marketing por e-mail?

O marketing por e-mail é a estratégia de enviar conteúdo de marketing por e-mail, como blogs, vídeos e webinars, para um público específico e é considerado por 81% das pequenas e médias empresas como seu principal canal de aquisição.

Os públicos e o conteúdo variam de acordo com o contexto, mas a diretriz final do marketing por e-mail continua a mesma:

  • Envie e-mails para seu público não cliente que os interessem o suficiente para transformá-los em clientes potenciais engajados.
  • Envie mensagens táticas aos clientes potenciais que auxiliem sua jornada pelo pipeline e os ajudem a se converter em clientes.
  • Envie recursos aos clientes para mantê-los satisfeitos, envolvidos e informados.

Considere que, com o pressionar de um botão, um profissional de marketing por e-mail com um público saudável pode fazer com que sua mensagem chegue a dezenas de milhares de pessoas de uma só vez, todas as vezes.
Ben Goldstein,
Diretor de Conteúdo e Comunicações da Nutshell

Como os e-mails de marketing são diferentes dos e-mails de vendas?

E-mails de marketing e e-mails de vendas são semelhantes e, portanto, fáceis de confundir. Ambos são enviados usando ferramentas semelhantes, mapeados para uma sequência ou campanha maior e podem até mesmo servir a propósitos semelhantes, como recuperar leads perdidos.

Um e-mail de vendas, no entanto, é projetado para ter a sensação de uma mensagem individual entre um vendedor e o destinatário.

Embora possam ser enviados em massa e possam ser um e-mail automatizado dentro de uma sequência muito maior, o principal objetivo de um e-mail de vendas é criar um relacionamento com o destinatário.

Isso pode ser feito de muitas maneiras criativas, e os e-mails de vendas assumem muitas formas diferentes. Nem sempre é "clique aqui para comprar agora"; na verdade, quase nunca é.

Algumas maneiras inteligentes de os vendedores usarem e-mails de vendas para criar relacionamento:

  • Entrar em contato com um cliente potencial para falar sobre algo que ele disse, postou ou publicou
  • Convidar o destinatário para um webinar
  • Compartilhar uma publicação de blog ou um vídeo relevante
  • Acompanhamento após uma reunião
  • Perguntar a opinião do cliente potencial sobre o concorrente

Embora estejam longe de ser discursos de vendas, eles servem ao propósito de construir relacionamentos individuais ou de entender as necessidades do cliente potencial para fins de qualificação ou desqualificação.

Veja também: O Guia Completo Guia para pesquisar perspectivas de vendas

Os e-mails de marketing são mais diversificados. O remetente oficial pode ser desde o CEO, o editor-chefe, um coordenador de eventos etc., mas eles sempre representam uma transmissão da própria marca.

Os e-mails de marketing também podem ser mapeados para várias metas táticas, como atrair participantes para um evento, direcionar o tráfego do blog, promover o download de um conteúdo e muito mais. Correndo o risco de simplificar demais, essas iniciativas normalmente se voltam para a geração de leads no final das contas.

A diferença entre e-mails de vendas e e-mails de marketing: Os e-mails de vendas representam interações individuais entre um vendedor e o destinatário e servem para criar relacionamento, enquanto os e-mails de marketing representam uma transmissão de qualquer pessoa que fale em nome da própria marca e podem servir a vários propósitos táticos.

O objetivo final do marketing por e-mail é criar conversas com seres humanos reais.

16 types of marketing emails 

There are many different ways you can reach a lead, prospect, or a new customer in their inbox. Here are the 16 most common types of marketing emails to incorporate into your email strategy.

1. Welcome email

It’s always a good feeling to gain a subscriber. Someone out there in the universe who wants to know more about your product or services. Sending a welcome email to that person is a way for your organization to introduce itself. Doing so will either educate them about your brand, allow them to learn more about your products, or simply build some familiarity with a new fan.

Here’s your chance to get to know them a little better, too. You can ask them some questions about themselves, like their birthday or location, and even ask that they select preferences for how often they’d like to hear from you to help you tailor their experience.

No matter how you package it, just make sure to avoid making a bad first impression.

2. New content announcement

When your business has something fresh and exciting to share, do so in a new content announcement email.

Whether it be a new product, feature, sale, coupon, webinar, conference, eBook, or any other type of update, be sure to spread the news. This type of email describes and promotes your offer with call-to-action (CTA) links sending customers to a targeted landing page where they can learn more. 

Make the actual content of the email brief with the CTA large and visible so it can’t be missed.

3. Event invitation

When your organization is about to host something exciting, like a conference or webinar, be sure that your subscribers get a chance to RSVP yes. With an event invitation email, you’ll want to get readers excited about registering for your new event, so be sure to highlight what makes this one so exciting and different from all the rest.

It goes without saying that the invitation email should also include any important details about the event, like the date, time, price, and agenda.  Include a form for them to fill out so you can gather information about your attendees.

4. Email newsletters

Businesses of all shapes, sizes, and industries send out newsletters to their customers so they can stay top of mind. Newsletters were actually the leading type of email marketing campaign sent in 2022.

Whether you’re using this type of marketing email to send out new content from your blog or share general news about your company, it can be a great touch-point with your subscribers as you nurture them for the long haul. 

Keep the format simple and relatively the same each time you send your newsletter, so your readers can get accustomed to what to expect every time one enters their inbox. And don’t forget an eye-catching subject line and personalization to entice them to read more.

5. Product update email

Depending on your organization and the products you sell, there may come a time when you need to send your customers an update. It’s a common use of email marketing—product awareness and promotions were the number one objective of email marketing campaigns in 2022.

A product update email can be a tricky one to send because customers don’t necessarily find them to be interesting or attention-grabbing. Because of this, make them short, scannable, and straightforward. List out the basic details to keep customers up-to-date on any changing features or functionality of your product.

If tons of updates are around the corner, don’t spam your readers with a series of product emails every other day. Consider sending a roundup email highlighting everything they need to know at once.

6. Referral email

Even the largest, most experienced sales team could use some help in reaching new leads outside your target market. So why not use your most valuable resource to assist—your existing customers? Referral emails can bring in major sales, expanding your reach and growing potential target audiences.

Referral emails invite your leads to create leads of their own. They often offer some discount or exclusive offer in exchange for them bringing in new customers who make a purchase at your existing lead’s suggestion.

7. Dedicated send email

A dedicated send email is an email your organization will send for a specific purpose to a specific group of people that subscribe to your messages. Dedicated send emails are sent to segmented groups that share the same characteristic. For instance, when you’re hosting an event, like a conference or webinar, you may want an announcement to only those who have registered or signed up. 

Essentially, these emails won’t be to your complete list of subscribers, but only to ones that are in need of the information your email includes. These emails should have a specific CTA and share only the details that the recipients need to know. 

Conecte-se com os assinantes diretamente de seu CRM

Chame a atenção de seus compradores em cada estágio do funil com o Nutshell Campaigns - uma solução de marketing por e-mail integrada ao seu CRM.

INICIE SEU TESTE GRATUITO

8. Co-marketing email

Got an exciting partnership lined up? If so, send a co-marketing email. Co-marketing is when two or more companies partner with one another for a promotion, event, or task, as a way to leverage and gain from the audience of another company to increase their customer base. 

Whether it’s an announcement regarding hosting a webinar or conference or pairing up for a hybrid product launch, the email blast will go out to customers of all parties involved. Because of this, make sure the email clearly states all details regarding the partnership with each company—especially if the partnership is with a company that’s more popular or more widely known than yours.

9. Seasonal campaign

‘Tis the season to send a… seasonal campaign. 

Whether it’s Valentine’s Day, the Fourth of July, Thanksgiving, or the start of summer, your company may be running a specific promotion or special centered around a certain holiday or season. These types of email marketing campaigns should have build-up before the event, so all subscribers know what to expect.

While these marketing emails are especially beneficial to retail organizations, anyone can send them! Just be sure you start ending these emails early enough to ramp up the excitement, stick to a theme, and use urgency to spur action. 

10. Post-purchase/confirmation email

Confirmation emails are critical for helping customers keep track of their purchases. Whether it’s an upcoming flight, tickets to a concert, or something as small as buying a new book, a post-purchase email lets customers know their order has been received.

Be sure the subject line is clear and concise and keep the content of the confirmation email to a summary of the purchase, including a tracking number, the total amount the customer spent, and estimated shipping date. The design can be simple, too, and may include a CTA for the customer to track their purchase.

11. Form submission/thank you email

Similarly, whenever a new prospect, lead, or customer fills out a form on your website, don’t leave them hanging. Make sure they receive a kickback email automatically after submitting a form. These emails are sometimes referred to as “thank you” emails. 

Provide a clear CTA for customers in a form submission email and include minimal content. Simply thank the individual for signing up plus any link or information that was promised after sign-up.

12. Cart abandonment email

An abandoned cart email should be sent to your customers when they put various products or items in their shopping cart and then leave your website without making a purchase. This type of marking email reminds customers of the items within their cart and will usually also include some sort of discount code to entice the customer to return to your website and complete the purchase. 

This is your chance to showcase why the customer should come back to your website and click Buy.

13. Re-engagement campaign

Are your subscribers ghosting you? Send them a re-engagement campaign. 

In this email campaign, consider asking for feedback regarding your products or services as a way to bring your business back to their minds. You can also send them a promotion that may pique their interest. If they engage, you’ll have fresh feedback and may have even made a purchase.

See also: 8 Winback Email Templates to Help You Recover Lost Leads

14. Lead nurturing 

How well do you know your leads? If your answer is “not very well,” lead nurturing emails can help get you there. These emails are essentially a connected series of emails for a specific purpose, full of useful content to the reader.

These can be used to promote any number of things, from a new blog post to an upcoming webinar, and even a discount your organization is offering.  Whatever the case may be, lead nurturing emails should promote or inform leads about what’s happening within your organization. 

15. Connect via social campaign

Follow us on Twitter! Connect with us on LinkedIn! No matter what kind of social media platform you’re looking to grow, a social campaign can boost your follower count with the aim of asking customers to engage with you elsewhere. 

These emails can include a trending hashtag you’d like customers to use when posting pictures of them using your product. When new tweets, comments, or followers begin to appear, don’t forget to engage with your connections! It’s a great way to take your relationship to the next level. 

16. Post-purchase drip campaign

Last but not least is another tried-and-true marketing email campaign… the post-purchase drip. The goal isn’t necessarily to sell anything new, but simply to follow up after a customer has made a purchase. These can be used as a way to build brand loyalty, ask for feedback, or entice a customer to leave a review. Post-purchase emails can also feature tips on how to use the product or service or encourage a customer to post a picture of their purchase on social. These emails are a great way to build trust with your customers and encourage them to come back for more.

A anatomia de um bom e-mail de marketing

Como se costuma dizer, alguns e-mails de alta qualidade causam mais impacto do que uma enxurrada de e-mails sem graça. Quando se está escrevendo para um público, é impossível exagerar a importância de dedicar tempo para acertar os detalhes.

Se alguns recursos mais atraentes puderem resultar em um aumento de até 2% nas conversões, isso fará uma enorme diferença nas métricas finais quando multiplicado por todo o público-alvo.

A maioria dos e-mails de marketing dignos de prêmio tem algumas coisas em comum, e todos eles seguem aproximadamente a mesma anatomia.

Linha de assunto

A linha de assunto de um e-mail é seu anzol de pesca, sua única chance de cativar a atenção do destinatário o suficiente para ganhar um clique.

Boas linhas de assunto de e-mail são dinâmicas, pois não há uma linha que garanta altas taxas de abertura em todos os setores. Escrever uma boa linha de assunto exige muita reflexão e depende de vários fatores.

Mantenha sua linha de assunto curta. A maioria dos clientes de e-mail exibe apenas os primeiros 33 a 43 caracteres em dispositivos móveis.

Algumas coisas que você deve ter em mente ao elaborar uma linha de assunto sólida:

  • What is the demographic or market segment that will receive this email?
  • Em que estágio do pipeline estão os destinatários desse e-mail?
  • Que informações posso aproveitar que repercutirão nesse público?

E, embora não exista uma solução única para todos os casos, há dicas e práticas recomendadas que tornam as linhas de assunto de e-mail mais clicáveis, bem como riscos que pioram as linhas de assunto.

Dicas de linhas de assunto que funcionam

Usar um emoji de bom gosto, desde que não seja exagerado:

  • Relatórios de análise de dados com esteroides 💪
  • A travessura ficou muito mais fácil

Including the recipient’s name using smart fields:

  • Você está tentando abrir uma empresa, Ben?
  • Rebekka, você está procurando emprego?

Linhas de assunto com frases em caixa alta:

  • O pior software que já vimos
  • 5 ways Nutshell outperforms comparably priced CRMs

Manter o tom casual:

  • Espere, existem pessoas que não odeiam seu ISP?
  • Estamos aprimorando seriamente os recursos de nossos produtos

Ser específico:

  • Nosso software tem avaliações muito melhores do que as da HubSpot
  • NutshellOs recursos de marketing por e-mail da Web o surpreenderão

Erros de linha de assunto a serem evitados:

Exagerar nos emojis:

  • 🎇✨🎆🎊 Confira nossa nova demonstração do produto 👊😝😝 🎇✨🎆🎊
  • 🎸🎸🎸🎸🎸🎸 A lista de rockstars de vendas de 2020

Linhas de assunto longas que são cortadas nas caixas de entrada dos destinatários:

  • 15 realizações empolgantes sobre como melhorar nossos negócios que nos ocorreram enquanto assistíamos a Two and a Half... (Veja mais)

Qualquer coisa que soe remotamente como spam:

  • OFERTA GRATUITA (Clique aqui) você ganhou nosso sorteio (Compre agora!)
  • Recompensas gratuitas para membros com nossa oferta por tempo limitado

Tons excessivamente formais:

  • Prezado(a) senhor(a), apresentamos a você nosso estimado Diretor de Operações em nossa famosa série de webinars

Não fornecendo nenhum contexto:

  • Muito bom esse material
  • Nutshell E-mail de CRM para Ron Swanson 5/12/2020

Finalidade

Todo e-mail de marketing tem uma finalidade e é destinado a atingir um objetivo específico. Às vezes, sua chamada para ação é simplesmente um post de blog publicado recentemente. Outras vezes, é mais complicado, como tentar incentivar seu público a se inscrever para uma demonstração.

Seja qual for o objetivo, ele deve ser focado com precisão. Isso significa que não envie absolutamente nenhum e-mail que simplesmente faça um monte de chamadas para ação diferentes e não relacionadas, ou nenhum dos seus usuários se sentirá atendido e nenhum deles será convertido.

Observação: Alguns boletins informativos, sob condições muito específicas, são exceções e podem ter chamadas à ação mistas, como os que promovem eventos futuros nos próximos meses.

Determinar a finalidade de um e-mail é algo que precisa ser feito muito antes de sua elaboração. Afinal de contas, todos os e-mails de marketing têm seu próprio objetivo tático e devem estar diretamente relacionados à estratégia geral de marketing da empresa.

Finalidades legítimas para enviar e-mails de marketing:

  • Promoção de uma postagem de blog
  • Fazer com que os usuários se inscrevam em um webinar
  • Anúncio de um recurso de produto

Motivos ilegítimos para enviar e-mails de marketing:

  • Reengajamento de leads antigos
  • Lembrar ao público que a empresa existe
  • Incluir muitas CTAs diferentes na esperança de que uma delas interesse ao destinatário

Há um exercício prático de reflexão em duas etapas para determinar o objetivo de uma mensagem que você gostaria de enviar.

Primeira etapa: Pergunte a si mesmo em que estágio do pipeline o segmento de público-alvo atual se encontra. Saber de onde eles vieram, onde estão atualmente e onde você gostaria que eles chegassem é uma ótima maneira de estruturar um e-mail.

Segunda etapa: Pergunte a si mesmo quais mensagens, conteúdo, material de apoio, informações etc. podem influenciar seu público a avançar no pipeline.

A partir daí, fica mais fácil mapear uma maneira de introduzir o conteúdo que terá o efeito desejado. Lembre-se de que todos os e-mails de marketing devem ter um objetivo focado e tático, caso contrário, não produzirão nenhum resultado e poderão até prejudicar a credibilidade da sua empresa.

Campos personalizados

Os campos personalizados são marcadores de posição no corpo do e-mail que lhe dão a oportunidade de variar o conteúdo de e-mail para e-mail. Normalmente, os campos personalizados se parecem com [First Name] e adicionam automaticamente o primeiro nome do contato; no entanto, há dois tipos diferentes de placeholders que geralmente preenchem os modelos de e-mail:

Os campos personalizados são campos preenchidos automaticamente com dados de um CRM, banco de dados ou planilha. Ao enviar modelos de e-mail com campos personalizados incorporados, o remetente não precisa realizar nenhuma ação manual: A plataforma de CRM ou de e-mail preencherá automaticamente esses campos com os dados corretos.

Por exemplo, "Hi [Firstname], I hope [Company] is doing well" se traduziria em "Hi James, I hope Brightcorp is doing well".

Nutshell campos personalizados em ação em um e-mail de link-building.

O texto de espaço reservado é uma parte do modelo de e-mail que precisa ser preenchida pelo remetente e que foi intencionalmente deixada em branco. O texto de espaço reservado existe quando a informação não é algo que possa ser extraído automaticamente de um CRM, banco de dados ou planilha, ou seja, basicamente qualquer informação não estruturada.

As linhas de introdução, por exemplo, geralmente são um texto de espaço reservado. O restante do e-mail já está composto, e o remetente escreve uma introdução rápida, como "Olá, Jim, nos conhecemos na conferência da Moonsoft na semana passada e você recomendou que eu entrasse em contato em uma semana".

O texto laranja do espaço reservado nesse e-mail enviado lembra os vendedores de colar o link do Calendly na mensagem.

Narrativa e tom

An essential part of determining how to write a marketing email is finding the right tone. This can be challenging, especially when your marketing email is being sent to a large audience, and not one-on-one.

O tom do seu e-mail de marketing mudará de acordo com o conteúdo do e-mail, mas há certas partes da qualidade da narrativa que você deve tentar preservar de forma consistente, independentemente da natureza do público e do conteúdo.

Fato: Se o seu público for humano, ele tentará decifrar a intenção e o tom por trás de suas palavras. Faça com que elas valham a pena. 👽

Use sua voz de conversação

A maior ferramenta de marketing de todas é a capacidade de facilitar a conexão humana genuína, e esta é a sua chance de demonstrar a sua. Afinal, seu público é formado por pessoas, e é da natureza humana esforçar-se para entender uns aos outros, mesmo que seja em um nível subconsciente.

Use expressões que você usaria ao conversar com seus amigos e colegas de trabalho. Às vezes, até ajuda ler seus e-mails em voz alta para si mesmo para entender como eles soarão para o leitor.

Em e-mails de marketing, não há problema algum em manter o tom casual. Descontraia-se, use algumas contrações e lembre-se de que seu e-mail foi escrito para pessoas como você.

Limite-se a um ponto de exclamação por mensagem para evitar o risco de parecer falso.

Seja cortês e respeitoso

Sim, a regra de ouro também se aplica ao marketing por e-mail. O respeito ao seu público-alvo deve ser um princípio que influencie todas as suas táticas de marketing. Por exemplo, enviar e-mails de marketing repetitivos para todo o seu público é desrespeitoso e desagradável.

Essa filosofia também deve estar presente em seus e-mails de marketing. Se você pedir ao seu público para fazer algo, faça-o com cortesia e diga "por favor".

No que diz respeito à narrativa e ao tom, tente elaborar sua mensagem de forma que ela seja lida com sinceridade e seja o menos inconveniente possível para seu público.

Evite a todo custo essas indelicadezas comuns do marketing por e-mail:

  • Fazer suposições: Como quando alguém cita um filme porque supõe que você já o assistiu - as suposições podem ser incômodas e até mesmo acabar com a conversa. Simplificando, fazer suposições afastará todas as pessoas às quais a suposição não se aplica, portanto, evite-as sempre que possível.
  • Não fornecer informações suficientes: Nada é mais irritante do que receber um e-mail sem contexto ou com uma imagem incompleta, deixando-o sem saber o que exatamente acabou de ler. Se você quiser que seu público continue a segui-lo, certifique-se de que ele esteja na mesma página.
  • Não reconhecer o público: Mensagens egocêntricas são a principal maneira de garantir que seu público cancele a assinatura de seus e-mails de marketing. Seus e-mails de marketing devem parecer uma pessoa falando com outra pessoa e, se isso não acontecer, é improvável que seu público se envolva.

Relacionado: 5 diferençasDiferenças marcantes entre um vendedor experiente e um spammer em série.

Não se esforce demais

É mais estranho do que as marcas tentarem lucrar com as últimas manias do TikTok, portanto, deixe de lado seus dabs, seus chicotes e seus nae-naes. Em vez disso, procure maneiras de incluir humor que não pareça superficialmente focado em tendências virais.

Linhas de assunto polêmicas, uso excessivo de chavões e piadas rápidas são vistos como tentativas exageradas. Como profissional de marketing por e-mail, é importante encontrar o ponto ideal para transmitir ao seu público que você fala a língua dele, mas não se esforça para provar sua relevância.

^ Como o público reage quando as empresas se esforçam demais.

Estatísticas, infográficos, fotos

Em um e-mail de marketing, os recursos gráficos dizem mais do que apenas palavras. Se quiser envolver o público-alvo de forma eficaz (você quer), inclua mídia além das palavras para que ele entenda o "quadro completo" de forma mais eficaz.

O cérebro humano processa imagens 60.000 vezes mais rápido do que textos, o que significa que vale muito a pena tentar encontrar fotos relevantes que ajudem a esclarecer um ponto.

Manter o tamanho dos arquivos de imagem pequeno ajudará o e-mail a carregar rapidamente para os destinatários, especialmente em dispositivos móveis.

As estatísticas também são uma forma dinâmica de introduzir ideias de uma maneira que seja digerível para seu público. Por exemplo, se você estiver falando sobre automação de fluxo de trabalho, uma estatística simples como "80% das empresas usam algum tipo de automação de fluxo de trabalho" ajuda a enquadrar a sua mensagem, acrescentando contexto.

Os e-mails de marketing que contêm imagens relevantes têm 94% mais visualizações totais do que os e-mails de marketing sem imagens.

Fonte: Pesquisa em todos os lugares

Inclua texto ALT em suas imagens. Se um cliente de e-mail bloquear uma imagem, o texto aparecerá em vez de um "X" vermelho, e isso também é uma cortesia para pessoas com deficiência visual.

Chamada para ação

Uma chamada para ação (CTA) é um convite para que seu público-alvo realize uma ação, geralmente na forma de um clique em um link para uma página da Web, publicação de blog ou informações relacionadas.

As CTAs existem em muitas formas diferentes no mundo das vendas e do marketing e servem a propósitos diferentes, dependendo do público-alvo e de quem as está enviando.

Por exemplo, um vendedor que fala com um cliente em potencial pode usar a chamada para ação "solicite uma demonstração individual", e um profissional de marketing que envia um boletim informativo pode usar "leia nossa última publicação no blog".

As CTAs devem ser amigáveis e convidativas. Em vez de "CLIQUE AQUI", tente "LEVE-ME ATÉ LÁ", "CONTINUE LENDO" ou "VAMOS".

É importante entender qual será o seu CTA antes de redigir seu e-mail de marketing. Afinal de contas, o CTA é o objetivo tático do e-mail, e escrever um e-mail sem um objetivo em mente é simplesmente estranho.

Uma boa CTA é forte, convincente e permite que o leitor saiba exatamente por que deve clicar nela. Se o seu e-mail for sobre modelos de e-mail não solicitados, uma boa CTA levaria o leitor à publicação do seu blog ou ao download de conteúdo repleto de modelos de e-mail não solicitados.

Lembre-se de que seu e-mail de marketing está em um nível mais alto no funil do que o link da CTA. Para refletir isso, seu e-mail de marketing deve falar de modo geral sobre o tópico da sua CTA, e os usuários interessados clicarão e saberão mais.

Como configurar uma campanha de marketing por e-mail em 7 etapas fáceis

Agora que você já sabe o que torna um e-mail de marketing bem-sucedido, vamos examinar o processo de configuração e envio de uma campanha de e-mail de marketing, do início ao fim. Aqui vamos nós...

1. Defina seu público

Há muito poucas situações em que faz sentido enviar um e-mail para todos os seus contatos. Por exemplo, um anúncio sobre como a disponibilidade do suporte telefônico da sua empresa será limitada durante as festas de fim de ano seria relevante apenas para os clientes atuais.

Por outro lado, um e-mail oferecendo um desconto para compradores de primeira viagem seria relevante apenas para não clientes e poderia até mesmo criar hostilidade entre seus clientes atuais. ("Acabei de me inscrever na semana passada, não há desconto para mim?")

Portanto, a primeira decisão que você precisa tomar ao configurar uma campanha de e-mail é: quem deve receber esse e-mail?

São os assinantes de seu boletim informativo? Seus clientes atuais? Uma mistura de clientes antigos e leads perdidos? Somente as pessoas que baixaram um conteúdo específico ou participaram de seu último evento virtual?

Definir seu público-alvo antecipadamente reduz o risco de os destinatários cancelarem a assinatura de seus e-mails de marketing devido à falta de relevância.

A segmentação do público também é muito útil para o próprio processo de redação, porque você pode falar sobre os interesses e as preocupações de um tipo específico de destinatário; sua mensagem não precisa ser para todos.

É claro que haverá ocasiões em que você terá uma mensagem de marketing tão importante que acha que todos deveriam ouvi-la - o anúncio de um grande lançamento de produto ou uma parceria revolucionária, por exemplo. Mesmo nessas situações, recomendamos a criação de e-mails separados para segmentos de lista separados.

A maneira como você fala com os clientes atuais sempre será diferente da maneira como você fala com os não clientes, mesmo que essas diferenças sejam muito sutis.

 

2. Determinar a meta

O que você quer que os destinatários do e-mail façam, especificamente? Como está medindo o sucesso desse e-mail de marketing específico?

O objetivo principal do seu e-mail afetará diretamente o design e a direção. Por exemplo, seu objetivo pode ser...

  • Cliques em uma página do site: Digamos que você esteja compartilhando seu último conteúdo publicado ou fazendo um anúncio que exija mais do que algumas linhas de explicação. Para fazer com que seus leitores leiam a versão "completa" do artigo ou anúncio em seu site, seu e-mail deve incluir algumas linhas de descrição convincente e pelo menos um botão de CTA em destaque direcionando o leitor a "LER MAIS", "APRENDER MAIS" ou "CONTINUAR LENDO".
  • Preenchimento de formulários: Se você estiver promovendo um próximo webinar ou evento, fazer com que os destinatários cliquem é apenas metade da batalha. Você precisa deixar bem claro para o leitor que, depois de clicar no botão de CTA ("INSCREVA-SE HOJE", "SALVE MINHA VAGA!"), ele também precisará preencher o formulário na página de destino para se inscrever no evento. Observação: A porcentagem de seus destinatários de e-mail que A) abrem o e-mail, B) clicam no CTA e C) preenchem o formulário na página de destino será, naturalmente, bastante baixa. Portanto, certifique-se de enviar várias mensagens ao seu público sempre que estiver tentando fazer com que ele preencha um formulário.
  • Compras: Se você vende produtos em seu site, o marketing por e-mail pode ser um canal confiável para atrair compras de sua lista de compradores. O desafio é garantir que essas compras sejam atribuídas à campanha de e-mail. Você pode fazer isso adicionando links de rastreamento nos botões de CTA (que mostrarão quantos compradores entraram em seu site por meio do boletim informativo) ou oferecendo códigos de cupom exclusivos para cada e-mail de marketing enviado.
  • Respostas: Uma coisa que gostamos de fazer no Nutshell é fazer perguntas no final de nossos boletins informativos. As respostas que recebemos geralmente se transformam em conversas mais longas em que podemos oferecer nossa experiência aos respondentes ou encaminhá-los à nossa equipe de vendas. Esse método também é eficaz quando você está fazendo um breve anúncio ou compartilhando informações que não exigem que o leitor clique em uma página de destino. Se você não tiver uma CTA forte para incluir em seu e-mail, terminar com uma pergunta lhe dá uma maneira concreta de medir o impacto.

Várias CTAs podem sobrecarregar o leitor. Se você quiser que os destinatários façam algo específico, use uma única CTA.

3. Escreva conteúdo excelente e útil

Nesse ponto, você tem seu público e o comportamento ideal que deseja que ele adote. É hora de colocar a caneta no papel.

Há apenas uma prática recomendada de redação de e-mail que recomendamos a todos, independentemente do setor ou do perfil do leitor: Escreva como se fosse uma carta para um amigo. Seja amigável e caloroso e fale sobre seus interesses em comum com seu público-alvo.

Use o humor na medida em que for apropriado. E lembre-se sempre: Os e-mails de marketing têm o objetivo de educar e nutrir, não de pressionar seus leitores para uma conversa de vendas.

Concentre-se no destinatário, não em você. Reduza ou elimine frases que comecem com "eu", "nós" ou "nossa empresa".

Mesmo com um tom de escrita amigável, você ainda deve usar uma linguagem clara e direta para explicar o valor do que está oferecendo em seu e-mail de marketing. O leitor nunca deve ter que se perguntar: "O que é isso e por que estou recebendo?" ou "O que eu ganho com isso?"

Desde que você esteja oferecendo algo de valor real e possa expressar adequadamente os benefícios da ação, seus leitores ficarão mais do que felizes em clicar no botão de CTA.

Mais uma coisa: a inclusão de links para recursos relevantes em seu e-mail de marketing ajudará seus leitores a aprender mais, a se sentirem mais inteligentes e a terem o tipo de experiência positiva com seu e-mail de marketing que os deixará mais propensos a abrir o próximo.

Esses recursos adicionais podem ser outras peças de conteúdo que você produziu no passado ou até mesmo conteúdo de um site de terceiros. Fornecer aos seus leitores as melhores informações sobre um determinado assunto - mesmo que não tenham vindo do seu próprio site - faz com que você pareça confiável e genuinamente útil.

Cuidado com o grande bloco de texto! Adicione uma quebra de linha a qualquer parágrafo que tenha mais de três frases.

4. Crie seu e-mail para obter o máximo de impacto

O ideal é que o texto e o design da sua mensagem trabalhem juntos para prender a atenção do leitor desde o momento em que ele abre o e-mail. Mas lembre-se de que tipos diferentes de mensagens exigem abordagens visuais diferentes.

Alguns e-mails de marketing - um boletim informativo do tipo "carta do CEO", por exemplo - parecem perfeitamente naturais apresentados principalmente como texto. No entanto, se estiver divulgando um novo produto interessante, um próximo evento ou uma coleção de postagens recentes no blog, você causará mais impacto se incluir imagens, animações e outros elementos de emoção visual.

É claro que criar seus e-mails do zero é um trabalho árduo, mesmo para designers de marketing talentosos. É por isso que muitas vezes faz sentido usar um modelo de e-mail para criar o layout de seu e-mail de marketing.

A maioria das plataformas de software de automação de marketing tem vários modelos incorporados que incluem locais para imagens de banner, colunas, pullquotes, botões de CTA, títulos e subtítulos. Escolha um que você considere adequado para a vibração geral de seu e-mail e comece a colar seu texto.

E-mails com mais de 640 px podem não ser bem renderizados em determinados clientes de e-mail. 600px de largura é o ideal.

No entanto, o design do e-mail de marketing não se refere apenas às imagens e ao estilo no corpo da mensagem. Você também precisa estar ciente de como seu e-mail aparecerá na caixa de entrada antes mesmo de ser aberto. Para isso...

  • Certifique-se de colocar o nome de uma pessoa real no campo "From" (ou seja, "Jack @ Nutshell"), mesmo que as respostas sejam enviadas para uma caixa de entrada geral.
  • Inclua uma linha de texto de visualização personalizada para acompanhar a linha de assunto; pense nisso como um teaser adicional que pode interessar o destinatário o suficiente para abrir o e-mail.

5. Teste e depois teste novamente

O fato de seu e-mail de marketing ter sido escrito e projetado não significa que ele esteja pronto para ser enviado. Antes de adicionar sua lista de destinatários e clicar em enviar, envie um e-mail de teste para você mesmo e para pelo menos um colega.

Faça uma leitura atenta do e-mail de teste para encontrar erros de digitação. Clique em cada hiperlink para garantir que os links sejam carregados corretamente e que todos os parâmetros UTM ou links de rastreamento que você incluiu estejam totalmente operacionais, especialmente os dos botões de CTA. Verifique se suas imagens estão sendo exibidas corretamente em vários clientes de e-mail e em dispositivos móveis.

If you run into any issues, fix them in your email marketing software, then send out another test. Repeat the process until your email is flawless.

6. Aperte o botão e prepare-se para o impacto

Agora que seu e-mail está "pronto, pronto", adicione a lista de destinatários adequada (lembra-se da etapa 1?) e programe o envio.

inúmeros estudos de pesquisa on-line que lhe dirão quais dias e horários são mais eficazes para enviar um e-mail... e, se você nos perguntar, eles são, na maioria das vezes, conversa fiada.

Cada público é diferente, e geralmente é preciso muita tentativa e erro para descobrir quando seus assinantes de e-mail têm maior probabilidade de abrir um de seus e-mails de marketing.

Dito isso, temos um conselho universal para compartilhar quando se trata de agendamento de e-mails: Somente envie um e-mail de marketing em um momento em que alguém da sua equipe esteja presente para lidar com as respostas.

Quanto mais importante for a sua mensagem, maior será a probabilidade de muitos de seus destinatários responderem com perguntas urgentes. Não envie um e-mail de marketing no final da tarde de sexta-feira e deixe seu público pendente durante todo o fim de semana!

Em Nutshell, enviamos e-mails somente nos dias úteis (e não muito tarde) para garantir que possamos responder a todas as respostas importantes assim que elas chegarem. Sugerimos que você faça o mesmo.

E se estiver programando um e-mail para ser enviado dias no futuro, configure um lembrete para que você esteja disponível quando ele realmente for enviado.

Antes de enviar um e-mail de marketing, pergunte a si mesmo: Estou realmente oferecendo algo de valor ao destinatário?

7. Aprender algo antes de seguir em frente

Um dos maiores erros que você pode cometer com o marketing por e-mail é usar as mesmas táticas repetidamente, independentemente de elas estarem funcionando ou não. Cada e-mail de marketing por e-mail que você envia lhe dá a oportunidade de aprender o seguinte...

  • A linha de assunto foi atraente? (Ou seja, qual foi a taxa de abertura em comparação com a taxa média de abertura desse tipo de mensagem?)
  • Você escolheu o público certo? (ou seja, qual foi a taxa de cancelamento de assinatura em comparação com a taxa média de cancelamento de assinatura para esse tipo de mensagem?)
  • A oferta no e-mail foi atraente? (Ou seja, qual foi a taxa de cliques em comparação com a taxa média de cliques para esse tipo de mensagem?)
  • A página de destino cumpriu a promessa do e-mail? (Ou seja, qual foi a taxa de conversão na página de destino em comparação com as taxas de conversão anteriores de ofertas semelhantes?)

Todos esses aspectos podem ser medidos, rastreados e otimizados. Portanto, certifique-se de verificar as estatísticas de cada e-mail enviado e use esses dados para informar futuras campanhas de marketing por e-mail. Caso contrário, você estará apenas girando suas rodas.

Agora, como você pode obter esses dados ainda mais rapidamente: fazendo testes A/B! Se você estiver curioso para saber como um elemento específico está afetando o desempenho de seus e-mails, divida sua lista de público-alvo ao meio e envie duas versões com apenas uma diferença entre os dois e-mails. Em outras palavras, os e-mails são idênticos, exceto pelo horário de envio, ou idênticos, exceto pela linha de assunto.

Os testes A/B fornecem dados comparativos que o ajudam a ajustar sua estratégia de marketing por e-mail de uma forma mais científica e menos baseada em palpites. (Não que seus palpites não sejam brilhantes).

Best practices for email marketing

While there are dozens of types of email marketing campaigns, there are a few best practices you can keep in mind for any marketing operation. We’ve gathered some of our best email marketing strategies for your convenience.

Keeping these tips in mind can help you construct the perfect campaign and maintain it while navigating the ever-changing landscape of your brand, the economy, and your customers’ spending habits.

1. Segmentar seu público

In email marketing, segmenting your audience is similar to defining your target market. It’s actually a bit easier since you already have some basic information about the people and brands you’re marketing to. And it’s one of the best ways to streamline your marketing process.

Audience segmentation is the process of separating your email list into categories so you can tailor their emails to their varied interests. You might segment them based on demographic information, like location and purchase history, or you may take a more creative approach and separate them by shared interests and hobbies. 

Once you’ve determined your segments, you can create emails that appeal to their particular needs. Segmentation gives you more freedom to adjust your emails and enhance connection while saving you from writing out personalized emails to every client.

2. Personalize your content

One of your marketing goals should be to make a personal connection with your leads. When your customers feel like you care about them as more than a number, they’re more likely to stay with your brand and choose you over the competition—even when the competition is offering something you don’t.

Today, most people’s email inboxes are inundated with impersonal form emails, and a majority of them end up ignored or quickly deleted. Personalizing your email is an excellent way to stand out and show leads that you’re different because you want to get to know them. Plus, it gives you plenty of opportunity to infuse every message with your brand’s identity, giving your customers a better idea of who you are and what your brand stands for.

Some of the easiest ways to customize your content include:

  • Addressing clients by name
  • Using conversational, emotive language
  • Using your brand’s colors in graphics
  • Linking to unique informational content

3. Optimize emails for mobile devices

Consider how often you check your email on your phone or tablet over a computer. If you’re like most people, you check and reply to emails more often on your mobile phone than anywhere else. With that in mind, it’s crucial that any emails you send out look as good on a mobile screen as they do on a computer screen. To optimize your messages for any device:

  • Get to the point: A smaller screen means fewer words can fit “above the fold,” or above the point a viewer will have to scroll to read them. Make sure you tell them the important information or something that gets them to continue reading within the first few lines, or else they’ll delete your message and navigate away from it.
  • Use responsive design: Responsive design is a method of creating emails and websites so the content looks appropriate regardless of the medium your lead accesses it on. It allows you to adjust images and text based on screen size.

4. Keep your subject lines short and sweet

Just as your email should get right to the point, so should your subject line. When subject lines reach upwards of 40 characters, most devices will cut off some of the text. And if the first part of that line isn’t interesting enough, leads won’t even click on it to read the rest.

Be descriptive in your subject lines, but try to keep them under 10 words for the best results. You can always say more in the body of your email copy when necessary.

5. Use an email marketing platform for better metrics monitoring

Once you create your emails and start sending your campaigns, how will you know if your strategy is working? Metrics and analytic data can show you what parts of your process are working and where you can improve your numbers. Collecting raw data like that can be a challenge, but with an automated platform, you can access those numbers with ease at any time.

You can use customer relationship management (CRM) software like Nutshell to automate email messages and track important metrics like open rate, click rate, and bounce rate. Nutshell is designed to help you strengthen relationships with your prospects and customers and monitor how your marketing efforts affect sales. Nutshell also allows you to automate some of your communications, getting your messages out at the right time.

6. Test your campaigns before sending them

Even the best email marketing experts can let a typo slip through or use improper formatting that makes the entire message unreadable. The good news is that most times, something like this is an easy fix. However, sending it out to your entire contact list can make your brand look unprofessional or possibly untrustworthy.

Prevent this by always sending your emails to a test recipient first. Then, make sure you view the message on a computer, phone, and tablet to ensure it’s optimized for each device. This quick check takes only minutes, but it ensures you deliver accurate and effective communications every time.

7. Prevent your emails from being labeled as spam regulations

Most email sites now have automatic filters to detect anything they think may be spam. This means if your email doesn’t follow spam guidelines, your message may never make it to your recipient’s inbox.

The Controlling the Assault of Non-Solicited Pornography and Marketing (CAN-SPAM) Act was first enacted by the U.S. government in 2003 to give email users rights against commercial email deliveries. All business emails must follow these guidelines, including honoring opt-out requests and identifying your messages as advertisements.

While your email marketing campaigns aren’t malicious, some customers could find them irritating. In fact, the number one reason why people unsubscribe from marketing emails is that they receive them too frequently. Avoid blasting your audience with lots of irrelevant emails they may not want.

8. End your emails with CTAs and social sharing buttons

At the end of every effective email is a CTA, such as learning more about a sale or forwarding the message. This lets your email’s influence go on once the recipient has finished reading, giving them something more to do with your brand.

Similar to CTAs, including your social media buttons in your emails give your leads something actionable to do after they read your message. Whether you tell them to follow you or share your latest promotions on social media, this is another way of helping your sales team get the word out about your brand without adding to their workload.

How to use email marketing for different audience types

Marketing por e-mail para não clientes

Não 👏 não 👏 bombardeie 👏 esse 👏 público 👏. Seus não clientes estão por um fio, por assim dizer, e é seguro presumir que você é uma das muitas empresas que estão na caixa de entrada deles tentando chamar sua atenção.

Os profissionais de marketing por e-mail precisam enviar a mensagem certa e provar aos não clientes que seu produto vale o interesse deles, e isso não pode ser feito incomodando-os.

Deve-se pensar muito em como transformar não clientes em clientes potenciais, e isso varia de pessoa para pessoa, e é por isso que a segmentação de mercado é extremamente importante aqui: Diferentes grupos demográficos têm necessidades diferentes, hábitos diferentes e devem ser abordados com e-mails que falem especificamente com eles.

In general, demonstrating value to your non-customers is a great way to get them in the marketing funnel, incentivizing them to eventually consider purchasing your product or service.

Um bom conteúdo para não clientes terá de ser personalizado e adaptado às necessidades deles. Por exemplo, se eles forem uma empresa de comércio eletrônico, um guia prático sobre como otimizar sites para a geração de leads poderá colocá-lo na lista de empresas a serem observadas.

O que importa aqui é a atração, e não a tentativa de atraí-los. Como profissional de marketing por e-mail, você pode ter certeza de que, se fizer um bom trabalho representando o valor da sua empresa de forma não invasiva, obterá conversões constantes de não clientes em clientes potenciais.

Marketing por e-mail para clientes potenciais ativos

Os clientes em potencial ativos estão sob um microscópio porque as equipes de vendas e marketing estão trabalhando juntas para conduzi-los ao pipeline de vendas.

It is likely that active prospects will be in regular communication with salespeople from your company, getting one-on-one time with people who can answer their questions, which means much of your content could be redundant, or even annoying.

É importante traçar uma estratégia com sua equipe de crescimento para determinar quais tipos de e-mails de marketing são aceitáveis para enviar a clientes potenciais ativos. Por exemplo, boletins informativos, anúncios de webinars e novos recursos de produtos ainda são relevantes, mas CTAs para agendar uma demonstração não são.

Depois que sua equipe tiver determinado uma lista sólida de conteúdo a ser entregue aos clientes em potencial ativos, configure uma campanha de gotejamento automatizada para manter o envolvimento deles alto de uma forma que não prejudique seus vendedores.

Marketing por e-mail para clientes atuais

O marketing por e-mail para seus clientes atuais tem tudo a ver com mantê-los informados, envolvidos e, no final das contas, felizes.

With a good CRM, prospects can automatically be moved from one drip sequence to another depending on their stage in the pipeline. In this case, your current customers should be segmented accordingly so that they receive content that keeps them delighted with your products and services.

Uma boa campanha de e-mail automatizada fornecerá boletins informativos, notícias sobre produtos, tutoriais etc. aos clientes atuais. No entanto, o mais importante é que os clientes atuais nunca devem receber conteúdo do pipeline de clientes potenciais, com CTAs como "agendar uma demonstração". Isso não é apenas confuso, mas também pouco profissional.

Acima de tudo, seus e-mails de marketing para os clientes devem lembrá-los continuamente de que eles são valorizados.

Uso de listas de leads compradas para marketing por e-mail

Com cerca de 68% das empresas tendo dificuldades para gerar leads, comprar uma lista para e-mail marketing parece uma boa ideia. Mas será que é mesmo?

Bem, é complicado.

A Lei CAN-SPAM e outros riscos

The CAN-SPAM Act slaps a hefty fine of up to $50,120 per email on those who are caught breaking the rules, and the rules themselves become much easier to break when purchasing a list for email marketing. And there are a lot of rules.

Ao enviar e-mails de marketing para uma lista, a Lei CAN-SPAM estabelece que você deve absolutamente

  • Use linhas de assunto que não sejam enganosas
  • Inclua o endereço postal de sua empresa em todos os e-mails
  • Identifique sua mensagem como um anúncio de forma "clara e evidente"
  • Incluir uma maneira de os destinatários cancelarem a assinatura
  • Honrar prontamente os cancelamentos de assinaturas

E assim por diante...

Furthermore, because of the many potential pitfalls outlined in the CAN-SPAM Act, most marketing email platforms require you to confirm that any contact list you upload has opted in and verified that they want to receive emails from you.

Isso significa que comprar uma lista de leads é estritamente contra seus termos de serviço, pois ela é composta de contatos que não consentiram com nenhuma forma de marketing por e-mail.

A maioria das plataformas de marketing por e-mail congelará sua conta ou até mesmo o banirá da plataforma se você for flagrado violando os termos de serviço.

Para tornar as coisas ainda mais assustadoras, muitas organizações incluem endereços de e-mail do tipo "armadilha de spam", o que significa que elas registram um endereço de e-mail aleatório em seu domínio, mas nunca o utilizam, garantindo que a única maneira de descobrir esse endereço de e-mail seja por meio da coleta de endereços de e-mail válidos em seu domínio.

Qualquer e-mail enviado para uma armadilha é automaticamente marcado como spam, e o acúmulo de algumas dessas ofensas pode fazer com que seu domínio seja colocado na lista negra, o que tornará os e-mails de sua empresa praticamente impossíveis de serem entregues, o que é a pior coisa que pode acontecer a um profissional de marketing por e-mail.

No entanto, há empresas que fazem esse tipo de verificação e atualizam regularmente suas listas para que os profissionais de marketing por e-mail não acabem enviando e-mails que não podem ser entregues. Essas listas podem ser úteis, mas somente se forem usadas corretamente.

Como usar uma lista comprada

Ao usar uma lista comprada, é absolutamente essencial

  • Faça pesquisa de prospectos em cada contato para verificar se são reais
  • Envie e-mails de alta qualidade e altamente personalizados para evitar ser sinalizado como spam
  • Não divulgue toda a lista, mas use-a como ponto de partida e selecione os contatos com tato
  • Siga todas as leis da CAN-SPAM o tempo todo

Portanto, o veredicto é que não, você não pode comprar uma lista de contatos e simplesmente decidir que eles receberão seu boletim informativo a partir de agora.

O que você pode fazer, no entanto, é criar campanhas publicitárias muito táticas para incentivá-los a se inscreverem para receber e-mails seus, para que você possa enviar e-mails de marketing no futuro.

Deep dive: The Nutshell Lead List Purchasing Guide

Seu e-mail marketing enviado para listas de leads comprados, se você optar por fazê-lo, deve ser extremamente limitado. Novamente, a maior CTA que você pode incluir em um alcance tão grande é pedir que eles optem por participar. A partir daí, o envio de outros e-mails marketing é aceitável, mas somente porque eles solicitaram.

Mas comprar uma lista de leads e tratá-los como assinantes? De jeito nenhum.

As 6 métricas de marketing por e-mail mais importantes - e o que elas realmente significam

É como sempre dizemos: Não se pode melhorar o que não se mede.

Every email marketing software platform includes reporting tools that show you the impact of your emails. But you need to fully understand what the metrics are telling you—and the relative importance of those metrics—before you make any drastic changes to your strategy.

Aqui estão as seis métricas de marketing por e-mail mais comuns, o que elas realmente medem e o peso que você deve dar a elas ao ajustar seus esforços de marketing por e-mail.

Taxa de abertura

What it means: Open rate is the number of recipients who opened your email at least once, divided by the number of delivered emails (i.e., not including bounced emails); multiplying that number by 100 gives you the email’s open rate. According to a recent report from Constant Contact, the average email marketing open rate across all industries is 34.51%.

(A propósito, uma "abertura" é registrada quando o pixel de rastreamento em seu e-mail é acionado).

O que isso realmente significa: A sabedoria tradicional diz que a taxa de abertura é uma medida direta da qualidade de sua linha de assunto. Se sua linha de assunto for atraente (ou simplesmente incomum o suficiente para chamar a atenção em uma caixa de entrada), mais pessoas clicarão nela.

Mas há outro fator que é ainda mais importante do que o sucesso de linhas de assunto individuais: sua reputação como provedor de conteúdo.

Quando sua empresa envia um e-mail de marketing, seu público está animado para recebê-lo, independentemente do que a linha de assunto promete? Você tem um histórico de fornecimento de conteúdo relevante para seus destinatários ou só envia e-mails para sua lista quando precisa de algo deles?

Os destinatários adquirem o hábito de abrir seus e-mails quando você fornece valor de forma consistente, mesmo que sua linha de assunto não seja sempre um sucesso.

Seu público-alvo quando vê um e-mail seu.

Qual é a importância disso: Ter uma grande lista de e-mails não tem muita importância se apenas algumas pessoas estiverem abrindo suas mensagens. Conhecer sua taxa de abertura ajuda a entender o tamanho "real" do seu público.

Em outras palavras, quantas pessoas você pode esperar alcançar com um determinado e-mail de marketing? Se quiser definir expectativas realistas para o impacto do seu marketing por e-mail, é necessário monitorar sua taxa de abertura.

Como melhorá-lo: Não envie um e-mail de marketing a menos que haja um benefício direto para o destinatário; com o tempo, seus leitores associarão seus e-mails a valor. Quando se trata de linhas de assunto, ouse ser diferente. E você pode considerar a possibilidade de excluir os endereços de e-mail não engajados que ainda estão ativos, mas que não interagem com seus e-mails há muito tempo.

Taxa de cliques

O que significa: Também conhecida como taxa de cliques ou CTR, a taxa de cliques em e-mails mede o número de pessoas que clicaram em pelo menos um link em um e-mail dividido pelo número de e-mails entregues; multiplicando esse número por 100, obtém-se a taxa de cliques do e-mail.

Since only a portion of the people who open an email will actually click one of the links, your click rate will naturally be lower than your open rate. According to research from CampaignMonitor, the average click-through rate for all industries is 2.3%.

O que isso realmente significa: Não importa como você decida apresentar os links em seu e-mail - seja por meio de botões de CTA, imagens de banner com hiperlinks ou texto com hiperlinks -, é preciso apresentar um bom argumento para justificar por que vale a pena o leitor clicar.

A taxa de cliques reflete a qualidade do seu argumento. Você argumentou efetivamente que há algo de maior valor do outro lado do clique?

That being said, design is crucial to click rate. A prominent CTA button or an attractive banner image will always draw more clicks than hyperlinked text saying “click here.”

O outro fator que afeta a taxa de cliques é a adequação do conteúdo do e-mail à promessa da linha de assunto. Se os seus leitores forem atraídos pela linha de assunto, mas o conteúdo em si for menos valioso ou menos interessante do que eles esperavam, eles provavelmente sairão do e-mail sem clicar.

Qual é a sua importância: O objetivo geral do marketing por e-mail é transformar endereços de e-mail em compradores e, para isso, você precisará que seus leitores cliquem em algo. Por esse motivo, a taxa de cliques é uma das métricas de e-mail mais importantes de todas, mas não é importante para todos os e-mails de marketing.

Por exemplo, se você estiver transmitindo um breve anúncio aos seus clientes, não precisa necessariamente que eles cliquem em um botão "LEIA MAIS" para fazer isso.

Portanto, preste muita atenção às taxas de cliques de todos os e-mails de marketing que exigem especificamente cliques para agregar valor. Se você calcular a média das taxas de cliques de todas as suas mensagens de e-mail, terá uma métrica muito geral para ser útil.

Como melhorar isso: Se você estiver fornecendo valor genuíno ao destinatário em seu e-mail, ele clicará. E se ele não clicar, é porque você não apresentou um argumento forte o suficiente para que ele clique.

Um texto claro e persuasivo ajuda, e um design forte definitivamente ajuda. A apresentação visual do e-mail não deve deixar dúvidas para o leitor sobre para onde ele deve apontar o cursor.

Taxa de rejeição

O que significa: A taxa de rejeição pode ser medida tomando-se o número de endereços de e-mail em sua lista de público-alvo que não receberam sua mensagem, dividido pelo número total de endereços de e-mail em seu público-alvo; multiplicando esse número por 100, obtém-se a taxa de rejeição do e-mail. O CampaignMonitor calcula que a taxa média de rejeição de e-mail em todos os setores é de apenas 0,7%.

Um e-mail devolvido pode ser um "hard bounce", o que significa que seu e-mail nunca foi aceito por um servidor de e-mail (ou seja, o endereço de e-mail ou domínio do destinatário não existe ou está inativo) ou um "soft bounce", o que significa que seu e-mail foi aceito por um servidor de e-mail, mas não foi entregue de qualquer forma (ou seja, sua mensagem era muito grande, a caixa de correio do destinatário estava cheia ou o servidor de e-mail do destinatário estava temporariamente fora do ar).

O que isso realmente significa: Endereços de e-mail desatualizados são apenas um fato da natureza; com o tempo, muitos endereços de e-mail e domínios da sua lista de assinantes se tornarão inativos.

Uma taxa de rejeição crescente significa que você não está fazendo o trabalho de manutenção adequado para excluir e-mails quando eles começam a sofrer hard bounce. E isso é um problema, como explicaremos em breve.

Uma alta taxa de rejeição também pode sugerir uma falta de padrões para aceitar assinantes de e-mail em primeiro lugar. Você permite que os preenchedores de formulários coloquem literalmente qualquer coisa no campo de endereço de e-mail quando estão se inscrevendo para uma avaliação gratuita ou baixando um conteúdo, ou existem algumas proteções para capturar endereços de e-mail com spam?

Uma lista de endereços de e-mail de marketing idênticos.
"Oh, meu Deus, nenhum deles é endereços de e-mail válidos!"

How important is it: Incredibly important. Once your bounce rate starts to creep above 2%, continuing to send to those addresses will damage your sending reputation among ISPs and hurt the deliverability of future sends.

Não limpar regularmente sua lista de e-mails é como nunca trocar o óleo do seu carro. Essa é uma manutenção essencial que lhe custará muito caro se você a ignorar.

Como melhorar isso: Reserve um tempo para excluir endereços de e-mail com hard-bounce após cada e-mail de marketing que você enviar. E certifique-se de que você tenha algum processo para eliminar endereços de e-mail falsos no momento da inscrição, seja usando uma ferramenta de verificação de e-mail ou enviando um e-mail de confirmação com um link no qual os assinantes devem clicar para receber mensagens futuras.

Taxa de cancelamento de inscrição

What it means: Unsubscribe rate is the number of recipients who unsubscribed from your email list after receiving an email, divided by the number of delivered emails; multiply that number by 100 to get the unsubscribe rate for your email. Unsubscribe rates for marketing emails typically range from 0.1%-0.4%, depending on industry.

O que isso realmente significa: Até que ponto suas mensagens estão incomodando seus assinantes de e-mail? Se você estiver bombardeando sua lista com e-mails de marketing além da frequência que eles esperavam originalmente, muitos assinantes começarão a desistir.

Picos repentinos na taxa de cancelamento de assinatura também podem sugerir que você está enviando e-mails irrelevantes para uma grande parte dos destinatários (por exemplo, enviar um e-mail para toda a sua lista de assinantes sobre um anúncio que afeta apenas os clientes atuais).

Qual é a sua importância: Desde que você esteja fornecendo consistentemente valor e relevância aos seus destinatários de e-mail, os picos na taxa de cancelamento de assinatura devem ser relativamente raros, o que torna essa métrica um pouco menos importante do que as demais. Mantenha suas taxas de cancelamento de assinatura abaixo de 0,5% e você estará no caminho certo.

How to improve it: Pay attention to any unsubscribe rates that are well above your average to understand what your audience isn’t interested in. And make sure your emails are properly segmented, which we’ll cover more in the how to set up a marketing campaign in 7 easy steps section. (The short version is: send each marketing email only to the contacts who will actually benefit from it.)

Também recomendamos definir antecipadamente expectativas claras com seus assinantes de e-mail em relação à frequência com que você os enviará e ao tipo de conteúdo que eles podem esperar.

Essas informações podem ser expressas nos próprios formulários de inscrição de e-mail, bem como nos e-mails de confirmação que você envia para que os assinantes se inscrevam oficialmente na sua lista.

Taxa de resposta

O que significa: Também conhecida como taxa de resposta, a taxa de resposta é o número de destinatários que responderam diretamente ao seu e-mail, dividido pelo número de e-mails entregues; multiplicando esse número por 100, obtém-se a taxa de resposta do e-mail.

O que isso realmente significa: Seus e-mails são escritos para estimular conversas ou são organizados apenas como um canal unidirecional para anúncios e ofertas? Seus destinatários confiam que a resposta deles será realmente enviada a outro ser humano ou presumem que ela chegará a alguma caixa de entrada corporativa? Se você escrever seus e-mails de marketing como se estivesse escrevendo uma carta para um amigo - algo que sempre sugerimos, a propósito - seus destinatários se sentirão mais à vontade para responder.

Os e-mails de marketing não devem apenas parecer que estão vindo de uma pessoa real. As respostas devem realmente ir para uma pessoa real.

Em um nível mais básico, a taxa de resposta reflete se você está ou não solicitando respostas especificamente em primeiro lugar. Não espere receber um monte de respostas se não houver nada no e-mail para responder. (É por isso que carregamos nossos próprios e-mails de marketing com perguntas instigantes e solicitações de feedback e ajuda).

Uma captura de tela de um e-mail de marketing de Ben Goldstein, da Sell to Win

Qual é a importância disso: Nem todos os seus e-mails de marketing precisam atrair respostas para serem bem-sucedidos. A maioria de suas mensagens será projetada para informar seu público sobre algo ou direcioná-lo para uma página em seu site, e isso é perfeitamente aceitável.

Dito isso, uma única resposta de um ser humano vivo pode fornecer mais informações práticas do que mil cliques em uma página de destino.

Na verdade, acreditamos que o principal objetivo do marketing por e-mail é transformar um endereço de e-mail anônimo em alguém com quem você está realmente falando; incentivar respostas é a maneira mais simples de fazer isso acontecer.

As respostas também são uma ótima maneira de identificar os "superfãs" de sua marca. Se você perceber que um determinado assinante está respondendo aos seus e-mails regularmente, essa pessoa pode estar disposta a escrever um depoimento para a sua empresa (se já for um cliente) ou iniciar uma conversa de vendas (se for um assinante, mas ainda não for um cliente).

Como melhorar isso: Em primeiro lugar, organize seus e-mails de marketing para que pareçam ter sido enviados por uma única pessoa. Deve haver o nome de uma pessoa no campo "De" (de preferência, a pessoa que realmente escreveu o e-mail e que receberá as respostas), e o e-mail deve ser assinado por essa pessoa. Escreva seus e-mails de marketing na primeira pessoa, se possível.

Em seguida, inclua uma pergunta direta em seu e-mail, que pode ser qualquer coisa, desde uma solicitação de discussão ("Como esse novo desenvolvimento no setor de fabricação está afetando sua empresa? Por favor, responda a este e-mail e me diga o que pensa.") ou um pedido de ajuda ("Nós realmente precisamos de uma visão sobre um novo produto que estamos desenvolvendo. Você poderia responder a este e-mail e me dizer com que frequência você ajusta o brilho do seu smartphone?")

E, por fim, certifique-se de que você possa responder às suas respostas por e-mail em um prazo relativamente curto. Se um de seus destinatários dedicar tempo para compartilhar suas ideias com você, mas nunca receber um simples "Obrigado!" em troca, é provável que ele não perca tempo novamente no futuro.

Taxa de crescimento do público

O que significa: Quantos novos assinantes líquidos (ou seja, o total de novos assinantes menos os cancelamentos e os endereços excluídos) você ganhou em um determinado período de tempo, em comparação com a contagem total de assinantes no período anterior; multiplicando esse número por 100, você obtém a taxa de crescimento do público. A taxa de crescimento pode ser rastreada para toda a sua lista de e-mails ou para segmentos individuais de público-alvo.

O que isso realmente significa: Qual é o sucesso de seus esforços de aquisição de e-mail? Esses esforços estão melhorando ao longo do tempo? Uma forte taxa de crescimento do público indica que você está oferecendo aos visitantes do site e aos clientes em potencial recursos de conteúdo valiosos o suficiente para que eles troquem seus e-mails e, ao mesmo tempo, fornece aos seus clientes e assinantes atuais valor suficiente para que permaneçam na caixa de entrada deles a longo prazo.

Qual é a importância disso: Assim como as visitas ao site e os seguidores nas mídias sociais, o tamanho do público-alvo de e-mail pode ser uma métrica de vaidade se você se concentrar demais nela. Aumentar sua lista não é o objetivo, mas sim adquirir e reter clientes. Dito isso, aumentar a taxa de crescimento do público expande o impacto potencial de seus esforços.

Ao contrário dos anúncios PPC (que podem ser muito caros) ou do conteúdo SEO (que não conseguirá atrair visitantes todas as vezes), o marketing por e-mail é o mais próximo que você pode chegar de um método garantido de alcançar seu público, praticamente de graça.

Não é de se admirar que o ROI do marketing por e-mail seja muito alto. E quanto mais nomes legítimos você adicionar à sua lista de e-mails, mais lucrativo será esse canal.

Como melhorar isso: Com tanto barulho em nossas caixas de entrada hoje em dia, você terá que oferecer aos visitantes do site um motivo melhor para se inscreverem em sua lista de e-mails do que "Inscreva-se em nosso boletim informativo!"

Praticamente todas as páginas do seu site devem incluir uma oferta de conteúdo relevante - modelos, guias, listas de verificação, e-books, planilhas, conteúdo de vídeo - que você oferece como download gratuito em troca do endereço de e-mail do visitante.

Como aprendemos em Nutshell, organizar eventos virtuais gratuitos é uma ótima maneira de coletar assinantes de e-mail em grandes quantidades. Afinal de contas, um endereço de e-mail é um pequeno preço a pagar por uma experiência pela qual o participante normalmente teria de pagar centenas de dólares.

Opinião de especialistas: Estratégias de marketing por e-mail em várias empresas

Cada profissional de marketing, cada empresa e cada plataforma funciona de forma diferente, o que significa que uma estratégia que funciona muito bem para uma determinada organização pode não ser viável para outra.

Para tornar este guia o mais abrangente possível, entramos em contato com vários profissionais de marketing por e-mail, desde especialistas até fundadores, para obter suas opiniões.

P: Quais ferramentas de software você usa para marketing por e-mail?

Popupsmart. É incrível. Gerenciar formulários e pop-ups pode ser assustador. Essa ferramenta oferece um painel de controle para monitorar seus pop-ups, usa IA para direcionar seus pop-ups e permite que você os agende.

Tem um ímã de leads sazonal que deseja usar? Programe-o para que ele pare de ser enviado antes que fique desatualizado.

Deseja enviar um ímã de leads para pessoas que visitam páginas específicas? Não tem problema.

E, ao mesmo tempo, deixá-lo bonito? Fácil, fácil, limão espremido.

Beacon. É fundamental ter um ímã de leads que atenda a setores específicos, personas de compradores ou ofertas. Ele ajuda você a pré-qualificar seus leads, sinalizando para eles com o conteúdo certo. O problema é criar e gerenciar todas essas ofertas. O Beacon ajuda você a criar um ímã de leads de forma rápida e profissional com dezenas de modelos. Eles também oferecem várias opções para ajudá-lo a ENTREGAR esses ímãs de leads com formulários de opt-in incorporados. Crie um novo ímã de leads rapidamente com essa ferramenta.

Stripo. A maioria dos provedores de serviços de e-mail tem uma ferramenta integrada de criação de e-mail do tipo arrastar e soltar. Isso é ótimo para ter todas as suas ferramentas de e-mail em um só lugar. Entretanto, muitas delas são limitadas. O uso de uma ferramenta de criação de e-mails de terceiros, como o Stripo, ajuda você a criar e-mails EXATAMENTE do jeito que você quer, sem código personalizado.

Emily McGuire
Proprietária, chefe de marketing por e-mail da Flourish & Grit

Q. Que tipos de e-mails de marketing vocês enviam?

Minha equipe trabalha principalmente na comunicação com nossos revisores existentes (e, às vezes, com os novos!) para coletar feedback autêntico e de alta qualidade sobre o software que eles usam diariamente no trabalho. Envio de dois a cinco ou seis e-mails por semana, dependendo de quem e no que estamos nos concentrando.

Uma das minhas colegas de equipe é especializada em análises de vídeos gravados e nas perguntas e respostas em cada página; ela envia de três a nove e-mails por semana. Nós duas colaboramos bastante com a segmentação e o texto/design, e temos uma equipe interna de design incrível. Temos muita sorte de contar com esses recursos, mas tentamos ser precários sempre que possível.


Carolyn Dorant
Gerente sênior de marketing por e-mail da G2

Enviamos alguns e-mails de marketing diferentes: um boletim informativo, anúncios de eventos, resumos da comunidade e recapitulações de webinars. Enviamos nosso boletim informativo uma vez por semana, e quase toda a equipe está envolvida no processo.

Como meu objetivo é torná-lo uma versão para petiscar do conteúdo da semana, os membros da equipe me enviarão o que acham que deveríamos incluir no boletim informativo da semana em podcasts, discussões da comunidade, webinars e conteúdo de artigos.


Brooklin Nash
Chefe de conteúdo, Sales Hacker

Q. Quais métricas de e-mail são mais importantes para você?

Uma métrica que gosto de analisar é a taxa de cliques para abertura. Muitas pessoas tendem a analisar apenas a taxa de abertura e a taxa de cliques de forma independente. A taxa de cliques informa quantas pessoas clicaram em um link em relação ao número de pessoas para as quais o e-mail foi enviado; a taxa de cliques para abertura informa quantas pessoas clicaram entre as pessoas que realmente abriram o e-mail.

Isso pode lhe dar um sólido entendimento básico de como o conteúdo do e-mail gerou tráfego de volta ao seu site, vendas ou envolvimento geral.


Kelly Forst
Especialista em marketing da AWeber

Q. Qual é a sua dica profissional favorita sobre marketing por e-mail?

Os dados de e-mail podem ser ótimos para esculpir e otimizar a estratégia de conteúdo de sua empresa. Leia nas entrelinhas sobre como suas taxas de abertura e CTR podem estar relacionadas ao tipo de conteúdo que você forneceu.

Por exemplo, se as taxas forem mais altas para seus e-mails que contêm "listas recomendadas de produtos que fazem x" ou "recursos para ajudá-lo a atingir x objetivos", isso provavelmente é uma indicação clara do que suas buyer personas mais valiosas querem mais.

Derek Flint
Gerente de conteúdo de SEO da Marketing Supply Company

UMA EQUIPE. UMA FERRAMENTA.

Marketing por e-mail poderoso, sem dores de cabeça

Nutshell Campaigns se conecta diretamente aos seus dados de CRM, para que você possa criar segmentos de público altamente segmentados, acompanhar o impacto dos seus e-mails em tempo real e gerenciar todas as suas comunicações a partir de uma única ferramenta. Comece a usar gratuitamente!

Saiba mais

Roube esses modelos!

 

Modelo de e-mail "Anúncio de webinar"

TIPO: Transmissão / Anúncio
Conceito: Anúncio de um webinar ou evento virtual organizado pela empresa que ocorrerá em um futuro próximo, com uma CTA principal para registro.

Linha de assunto: Reserve seu lugar no [título do evento]!
Texto de visualização: É ao vivo, é gratuito e você pode realmente aprender alguma coisa.

Hi {FIRSTNAME},
Tem planos para [data do evento]? Bem, agora você tem.

O [tópico do webinar] é um dos fatores de crescimento mais importantes - e menos compreendidos - para empresas como a sua. Por isso, fizemos uma parceria com [nome e título do parceiro/palestrante] para apresentar um webinar de [##] minutos, transmitindo tudo o que sabemos sobre o assunto: "[título do evento]."

A transmissão ao vivo terá início em [dia/data], às [horas], e ensinará a você:

- [webinar subtópico A na forma de uma pergunta]

- [subtópico B do webinar na forma de uma pergunta].

- [subtópico C do webinar na forma de uma pergunta].

Estamos limitando o registro a [###] ingressos virtuais, portanto, clique no botão abaixo antes que todo mundo chegue antes de você.

[Botão: "SAVE MY SPOT" (Salvar meu lugar)

O webinar será gravado para todos os inscritos, mas os participantes ao vivo terão a chance de enviar suas perguntas aos apresentadores e obter insights de especialistas no local.

Tenha um dia maravilhoso e nos vemos em [data do evento]!

[nome do remetente].

Modelo de e-mail "Notícias sobre produtos"

TIPO: Transmissão / Anúncio, Atualização
Conceito: Anúncio de uma nova oferta ou recurso de produto, com uma CTA para saber mais no site

Linha de assunto: Primeira olhada: [nome do produto]
Texto de visualização: Nosso mais recente [tipo de produto] é um divisor de águas.

Oi {FIRSTNAME},

Prazer em vê-lo, amigo. Vamos fazer isso rapidamente.

Hoje é o lançamento de [ nome do produto], uma [categoria de produto] que ajuda você a [benefício A do produto] e [benefício B do produto].

Com o preço de [preço], o [nome do produto] oferece as seguintes melhorias em relação às nossas ofertas anteriores de [categoria do produto]...

- [característica do produto A].

- [característica do produto B].

- [característica do produto C].

- [característica do produto D].

Essa nova versão foi uma das mais solicitadas por nossos clientes, portanto, obrigado!

Para saber mais sobre esse novo lançamento, confira os detalhes completos no link abaixo:

[Botão: "SAIBA MAIS"].

Parabéns à nossa equipe de produtos, que trabalha arduamente, por tornar o [nome do produto] uma realidade. E, se tiver alguma dúvida, responda a este e-mail!

Saúde,

[nome do remetente].

Modelo de e-mail "Promoção de vendas"

TIPO: Transmitir Promover, Vender
Conceito: Um e-mail de vendas de um para muitos, oferecendo um desconto ou outra promoção para uma oferta de produto específica, possivelmente para VIPs ou clientes que não compram há algum tempo; a principal CTA é seguir um link para os itens em promoção.

Linha de assunto: Somente para nossos VIPs... ganhe 20% de desconto em qualquer [nome do produto]

Visualizar texto: Responda a esta mensagem com "olá!" para ganhar um cupom misterioso...

Oi {FIRSTNAME},

Estamos entusiasmados por você ser um cliente antigo da [nome da sua empresa] e queremos garantir que você continue entusiasmado. Então, o negócio é o seguinte...

De agora até [dia/data/hora], você pode adquirir qualquer um dos nossos [tipo de produto/categoria de serviço] com 20% de desconto... só por ser você! Tudo o que você precisa fazer é acessar o link abaixo e inserir o código de cupom VIP2021 na página de compra.

[Botão: "VAMOS ECONOMIZAR ALGUM DINHEIRO"].

Ainda está aqui? Maravilhoso. Se você chegou até aqui no e-mail, merece um bônus. Responda a este e-mail com "olá!" e eu lhe darei um código de cupom misterioso que [dobrará/multiplicará/aumentará] sua economia.

Fique bem e me informe se houver algo mais que eu possa fazer para apoiar você e sua empresa.

[nome do remetente].

"Modelo de e-mail "Anúncio empolgante!

TIPO: Broadcast / Announce, Update, Celebrate
Conceito: Um blast de propósito geral informando os assinantes sobre algo interessante que a empresa está fazendo. (Uma nova parceria? Um esforço beneficente? O lançamento de um podcast da empresa?) O CTA principal é para saber mais no site.

Linha de assunto: A espera acabou. Finalmente, a Brightcorp e a Moonsoft estão juntas.

Visualizar texto: A tão esperada parceria que agrega muito valor novo para nossos clientes.

Oi {FIRSTNAME},

Enquanto nos reuníamos em torno do bebedouro virtual, tivemos uma ideia brilhante: Vamos usar as ideias brilhantes que nossos usuários nos deram. Talvez essa seja a nossa melhor ideia até o momento.

Quando nossa equipe lançou a Brightcorp, não estávamos realmente pensando em outras ferramentas como a plataforma da Moonsoft. Em vez disso, estávamos concentrados em fornecer tecnologia de brilho aos nossos consumidores e proporcionar a eles a experiência mais luminosa possível.

Recentemente, nossos usuários têm falado sobre a Moonsoft, especificamente se planejamos ou não fazer uma parceria com eles em breve.

"Hmm", dissemos. "Isso seria legal."

Hoje, temos o orgulho de anunciar que firmamos uma parceria oficial com a Moonsoft para fornecer luminescência virtual com qualidade solar e sombreamento de vazio adaptável em uma plataforma totalmente integrada.

A Moonsoft [Link para a página da empresa] é uma empresa de desiluminação que foi fundada... [Descreva a empresa parceira e sua missão]

Ao unirmos nossas forças, esperamos... [Descrever os objetivos da parceria]

Este artigo [Link para o artigo] detalha melhor o que a parceria entre a Brightcorp e a Moonsoft significa para nossos usuários, o que mudará para os clientes da Brightcorp e o que esperamos realizar juntos.

Responda a este e-mail e diga-nos o que você gostaria que fizéssemos agora que temos uma parceria completa com a Moonsoft!

Atenciosamente, [nome do remetente]

Modelo de e-mail "Carta do CEO/Editor"

TIPO: Boletim informativo / Educar, Atualizar
Conceito: Uma carta de conversação, com foco em texto, compartilhando ideias e alguns links. Isso pode ser o mais próximo de nossa abordagem com o boletim informativo da STW.

Subject line: You know what I think, {FIRSTNAME}?
Preview text: Plus: The book that doubled my close rate in a single month.

Oi {FIRSTNAME},

São quase 6h da manhã e estou sentado à mesa da cozinha esperando que a cafeteira termine de borbulhar. As crianças ainda não acordaram, mas logo estarão. Então, eu queria tirar isso da minha cabeça enquanto ainda está tudo quieto.

[4-5 parágrafos sobre alguma epifania recente que você teve]

Eu poderia continuar falando sobre esse assunto, mas meu filho mais novo acabou de descer as escadas e quer seus waffles. Bem rápido:

- Ainda há vagas disponíveis para o nosso [título do seminário ou workshop]. Inscreva-se até sexta-feira com o código "[código do cupom]" e ganhe US$ 40 de desconto no preço do seu ingresso virtual.

- Meu querido amigo [autor] escreveu um livro sobre [tópico] que vai acabar me rendendo mais US$ 80.000 este ano, se eu estiver fazendo as contas corretamente. Compre-o aqui: [link] ...e eu prometo que o comprarei de volta se ele também não o surpreender.

O sol está nascendo agora. Os waffles estão na torradeira. Meu cachorro e o cachorro do vizinho estão conversando um pouco. Vamos todos ter um bom dia, ok?

Melhor,

[nome do remetente].

Modelo de e-mail "Conteúdo mais recente"

TIPO: Boletim informativo / Educar, Atualizar
Conceito: Compartilhar o conteúdo de marketing mais recente por meio de imagens em miniatura e descrições curtas. Essa seria uma abordagem mais tradicional para um boletim informativo de blog.

Linha de assunto: Tudo o que você precisa saber sobre SEO
Preview text: Qual é o ingrediente secreto que pode transformar sua escrita de um hobby em um gerador de dinheiro?

Oi {FIRSTNAME},

Se você for como a maioria dos seres humanos, provavelmente tem suas próprias percepções e perspectivas exclusivas sobre seu setor. O que a maioria dos seres humanos não sabe, entretanto, é que eles podem obter 88% mais leads simplesmente publicando consistentemente essas percepções no blog.

O SEO é a chave secreta que pode desbloquear esses leads de marketing para sua empresa, dando visibilidade aos seus textos nos mecanismos de pesquisa, e acabamos de publicar um guia sobre como fazer isso acontecer.

Alguns dos tópicos que abordamos:

- Títulos de páginas, cabeçalhos e textos de parágrafos, e como eles funcionam como uma rede de raízes.

- A relação entre a velocidade de carregamento da página e as taxas de rejeição.

- Como criar um esqueleto de SEO.

Simplificando, é um ótimo ponto de partida para qualquer pessoa que possa se beneficiar do aprimoramento de seu marketing de conteúdo. O artigo descreve o SEO técnico de um ponto de vista realista e atingível, mesmo para pessoas que nunca publicaram nada antes.

[Botão: "Leia o artigo completo"].

Como sempre, se você tiver alguma dúvida sobre SEO que não tenha sido abordada no artigo, pode perguntar em uma resposta a este e-mail, e eu procurarei as respostas no Google e compartilharei meu conhecimento com você.

Saúde,

[nome do remetente].

[Lista em miniatura de artigos publicados recentemente]

NÃO É NECESSÁRIO CARTÃO DE CRÉDITO

Quer dar uma olhada?

Não tem problema. Para ver se o Nutshell é a escolha certa para sua equipe de vendas, inicie uma avaliação gratuita de 14 dias hoje mesmo!

Iniciar avaliação gratuita

VOLTAR AO TOPO

Junte-se a mais de 30.000 outros profissionais de vendas e marketing. Assine nosso boletim informativo Sell to Win!